Pular para o conteúdo principal

Algumas coisas chegaram!

Algumas coisas já chegaram pelo correio, e isso é ótimo!


Comprado na http://www.mouser.it/ € 21,22

A placa que controla os motores do Rover 2.0 é uma das peças mais importantes do projeto. A que escolhi é um Shield/HAT da Adafruit e é muito bem construído.

Especificações:
  • 4 Pontes H: Chip TB6612 provê 1.2A por ponte com proteção termica e eletrica. Trabalho com motores de 4,5VDC a 13,5VDC.
  • Até 4 Motores DC bi-direcionais com controle de velocidade.
  • Até 2 motores de passo (unipolar ou bipolar).
  • Proteção de polaridade para a bateria auxiliar dos motores (5-12VDC).
  • Vários exemplos de uso no site da Adafruit com bibliotecas de Python, tudo pronto para o uso.
  • Funciona com Raspberry Pi modelos A+, B+, Pi 2, Pi 3 and Zero.
  • pode ser empilhado se você comprar o  "Stacking Header", ele usa endereçamento I2C, você pode usar até 32 deles ao mesmo tempo (Com uma fonte suficiente para tal)!

Resumindo, deixa no chinelo o driver de motores para Arduino que eu usava no Rover 1.0:
Dual Motor Shield do Laboratório de Garagem

Meu problema atual é que preciso de um ferro de solda 220v, o Shield/HAT da Adafruit não vem com as soldas feitas. Para Alimentar os motores eu vou utilizar 4 pilhas alcalinas (6VDC), tenho um suporte para 4 pilhas então fica tranquilo essa parte. 

Também pretendo usar um motor de passo para controlar a visão da câmera (Pode ser um servo simples mas vou pegar o de passo que pode me ser útil em outras coisas, o servo é bem mais barato!), a câmera será a padrão do Raspberry Pi, você pode usar uma webcam também, Eu vou utilizar mais especificamente a câmera sem o filtro infra-vermelho, vai ser possível ter visão noturna com alguma fonte de luz infravermelha, estou pensando em colocar uns LEDs IR no Rover 2.0.

Por enquanto é isso, amanhã vou atrás de um ferro de solda na cidade mesmo, se não encontrar compro pela internet...também preciso de um liquidificador e um emprego...


Postagens mais visitadas deste blog

Telegram - Criando um BOT

O Telegram é um app de mensagens web, mobile e desktop, é possível utiliza-lo sem a necessidade de um número de celular e os usuários podem conversar uns com os outros sem trocarem seus telefones apenas o @usuário.

Uma das dezenas de funções únicas do Telegram é a possibilidade de qualquer pessoa criar um Bot, um usuário eletrônico que segue um algoritmo do criador por meio de comandos pré-definidos. Vou ensinar aqui como fazer um Bot que envia mensagens aleatórias de um arquivo TXT.

A primeira coisa a ser feita é você já ser um usuário Telegram. Com sua conta criada comece uma conversa com o @BotFather. Envie as mensagens na seguinte ordem:
/newbotEnvie o nome do bot, ainda não é o usuário.Agora sim, envie uma mensagem com o usuário do bot, por exemplo rtemtxtbot ou rtemtxt_bot, ele precisa terminar com a palavra bot e será encontrado por outros por meio desse nome por exemplo @rtemtxtbot ou @rtemtxt_botPronto seu Bot está pronto para ganhar o mundo.


Com o Bot criado agora é hora de inst…

Dia 1

Desde a última criação de conteúdo do canal do YouTube até hoje já se passaram 1 ano e da última tentativa de retomada 8 meses, mas:

Projeto Rover 2.0

Enquanto a tralha não chega vamos ao planejamento do que pretendo fazer: Vou utilizar a mesma base que utilizei no primeiro, o "Tamiya 70100 Track and Wheel Set". Ele teoricamente consegue andar em "qualquer" terreno:
Fonte: https://www.pololu.com/product/106, custa $7.95 atualmente.